Green Digital Blog | Post

Mídias Sociais

Curiosidade: Quais São as Redes Sociais Mais Usadas no Brasil em 2019?

Green Digital Blog, Mídias Sociais - Curiosidade: Quais São as Redes Sociais Mais Usadas no Brasil em 2019?

Por:
11 de abril de 2019

Curiosidade: Quais São as Redes Sociais Mais Usadas no Brasil em 2019?

Com certeza no seu celular existe pelo menos um ícone de redes sociais; e com certeza existe aquele que você clica quase sem pensar, ou seja, sua rede favorita. Você não está sozinho. No ranking mundial de usuários ativos de internet, os brasileiros ficam em quarto lugar, com 21,9 milhões de internautas entre 16-54 anos. Temos uma presença forte em diversas plataformas.

Mas dentre tantas opções possíveis, quais são nossas preferidas?

Quais São as Redes Sociais mais Usadas no Brasil?

Abaixo, listamos as 10 mais populares. Confira:

1.    Facebook

Não surpreendentemente, não há quem vença o Facebook, nem no Brasil nem no mundo. Nosso país responde por 130 milhões dos mais de 2 bilhões de usuários da plataforma. Desde 2008 o Facebook é líder mundial, e desde 2012 vem se destacando no Brasil. Hoje em dia, ficamos atrás apenas dos EUA e Índia em atividade nessa rede social.

Isso é verdade tanto para usuários individuais quanto para empresas; segundo uma pesquisa desenvolvida pela RockContent, em 2017 e 2018, mais de 97% dos negócios tinha presença no Facebook, e a expectativa para 2019 é que esse número se mantenha.

2.    WhatsApp

Ao contrário do Facebook, o WhatsApp é mais popular no Brasil do que no mundo. Globalmente, ele fica lá em quarto lugar atrás do Messenger, mas nacionalmente abriga mais da metade da população brasileira: 120 milhões de usuários.

Seu uso principal é a comunicação entre amigos e familiares —quem não tem um grupo da família no WhatsApp?— mas agora o aplicativo está expandido para o mundo dos negócios. Com o lançamento do WhatsApp Business, pequenos negócios podem aproveitar a plataforma para contato fácil com os clientes.

Redes sociais mais usadas no Brasil: quais são?

3.    YouTube

Recentemente, o YouTube cresceu com força no país, alcançando 98 milhões de usuários. Uma peculiaridade da plataforma: dentre as redes sociais mais usadas no mundo, ela é a única cujo número total de usuários supera o número total de contas! Isso graças a facilidade de navegar e aproveitar conteúdo sem ser necessário se inscrever.

Apesar de sua grande popularidade entre os usuários, o investimento em marketing é um tanto discrepante: apenas 47,2% das marcas brasileiras investem na rede.

4.    Instagram

Com 57 milhões de usuários no Brasil, o Instagram pode perder em termos de números totais, mas não perde em engajamento. Embora menor que o Facebook ou YouTube, essa rede é queridinha dos usuários. Segundo o relatório anual da We Are Social, 47% dos usuários respondentes considera o Instagram sua rede favorita — bem mais que 29,6% do Facebook!

5.    Twitter

Apesar de bem colocado nos rankings, o Twitter parece estar declinando um pouco; de 2013 para 2018, o volume de usuários ativos caiu em 63%. O investimento em marketing digital também está esfriando, talvez pela dificuldade de acertar a técnica da plataforma.

Por enquanto, entretanto, ainda se trata de uma das redes sociais mais populares, com 330 milhões de usuários globais, 30 milhões dos quais são brasileiros.

6.    LinkedIn

Em termos de redes sociais profissionais, o LinkedIn não tem concorrente. Trata-se da maior rede social corporativa do mundo, com 200 milhões de usuários internacionais, e 29 milhões nacionais. Seu grande diferencial, é claro, é ser voltado para a carreira e negócios, sendo uma ferramenta única de networking e recrutamento.

7.    Pinterest

O Pinterest, por enquanto, é uma plataforma com grande potencial ainda não plenamente realizado. Queridinha do chamado DIY (Do It Yourself, ou Faça Você Mesmo), e com foco bastante visual (assim como o Instagram), ela vem crescendo no Brasil. Mas a discrepância entre o número de usuários brasileiros e o número de empresas nacionais na plataforma é bem grande. Quer dizer, as pessoas estão chegando, mas os negócios ainda não.

8.    Google+

É surpreendente ver o Google+ em um ranking das redes sociais mais usadas, considerando que ele não é muito usado. Recentemente, o Google decidiu fechar a plataforma, em parte por conta do baixo engajamento. Apesar disso, o número total de usuários era relativamente alto, especialmente por conta da vinculação com o Gmail. Alguns segmentos nichos eram mais populares na rede do que outros. Entretanto, essa é uma rede que não devemos ver em 2019.

9.    Messenger

Falando em vinculação, o sucesso do Messenger depende fortemente da sua conexão com o Facebook. O aplicativo só teve sucesso quando passou a ser exigido para se utilizar o chat pelo celular. Ainda assim, no Brasil ele não supera o WhatsApp, como acontece mundialmente.

10. Snapchat

Em último lugar, está o Snapchat, um pouco enfraquecido nas bases, mas ainda lutando. O aplicativo teve um grande boom de popularidade não faz muito tempo, contando com 187 milhões de usuários mundiais, mas recentemente vem perdendo chão para o Instagram Stories.

Mas o Snapchat não desistiu. A rede está enfrentando esse esfriamento buscando novidades e recursos, possivelmente firmando uma parceria com a Amazon, que ainda está em fase de testes.

Embora ainda seja cedo no ano para saber com certeza quais vão ser as redes sociais mais usadas até o final de 2019, essas dez mídias podem nos dar uma boa ideia do que está por vir.